13.4 C
Oeiras Municipality
Sáb 4 Fevereiro 2023
Inicio Saúde Lisboetas com mais de 65 anos vão poder ter acesso a teleconsultas,...

Lisboetas com mais de 65 anos vão poder ter acesso a teleconsultas, médico ao domicílio e transporte de ambulância. Saiba como

A partir desta segunda-feira, os lisboetas com mais de 65 anos vão poder ter acesso aos serviços de teleconsultas, médico ao domicílio e transporte de ambulância.

Estes serviços estão integrados no âmbito do plano de saúde gratuito, lançado pela Câmara Municipal de Lisboa (CML), o  “Plano Lisboa 65+”.

Este plano é gratuito e é destinado aos utentes com idade igual ou superior a 65 anos, com residência fiscal e que estejam recenseados em Lisboa.

Para ter acesso a este plano terá de realizar a sua inscrição numa farmácia associada ou, em alternativa, poderá também fazer o registo pela internet. 

Para se inscrever, precisará do seu cartão de cidadão ou bilhete de identidade, sendo que, se for beneficiário do complemento solidário para idosos (CSI), tem de entregar também uma prova documental que o comprove.

Ao mesmo tempo, e quando aplicável, a farmácia recolhe também alguns dados sobre o representante do idoso. No final, o utente deve confirmar os dados e assinar o comprovativo de inscrição.

Também poderá fazer o registo online. Poderá fazer a inscrição clicando aqui, sendo que a autarquia liderada por Carlos Moedas alerta que o registo carece de autenticação por cartão de cidadão (com pin de morada e pin de autenticação).

Até à passada sexta-feira já havia 2.750 pessoas inscritas, revelou fonte oficial da Câmara Municipal de Lisboa ao ECO. No entanto, este valor ainda está bastante aquém dos 130 mil benefícios que a autarquia estima atingir.

Este plano visa garantir aos utentes elegíveis o acesso a teleconsultas de medicina geral e familiar, que funcionarão 24 horas por dia, durante todos os dias da semana (incluindo fins de semana e feriados). Além disso, caso o médico entenda que o utente deve ser visto presencialmente, poderá também ser enviado um médico ao domicílio para prestar assistência e estão ainda previstos serviços de transporte em ambulância quando determinado pelo médico. Os lisboetas com mais de 65 anos poderão também receber os medicamentos em casa.

Paralelamente, os beneficiários do CSI terão ainda acesso a serviços adicionais, nomeadamente consultas de optometria e um par de óculos gratuitos, bem como consultas de higiene oral e próteses dentárias com respetivos tratamentos. Está ainda previsto que tenham acesso a materiais de incontinência urinária.

COMENTAR

Please enter your comment!
Por favor, digite o seu nome

- PUB -

Os mais lidos

Oeiras associa-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro nas comemorações do Dia Mundial do Cancro

O Município de Oeiras associa-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) nas comemorações do Dia Mundial do Cancro. Celebrado no dia 4 de fevereiro,...

Hipismo: Cardiga Equestrian Circuit vai na 4ª edição e abre este domingo

A Academia Equestre João Cardiga vai abrir a época desportiva 2023, com o 1º OPEN do  Cardiga Equestrian Circuit,  que se realizará no domingo,...

Clássicos em Oeiras traz Concerto ”Jovens Talentos”

‘Jovens Talentos’ é o próximo concerto a realizar-se no âmbito do programa ‘Clássicos em Oeiras’, no próximo dia 4 de fevereiro, no Auditório Municipal...

Espetáculo infantil ‘Confetes Contados’ na Biblioteca Municipal de Algés

A Biblioteca Municipal de Algés vai receber o espetáculo infantil ‘Confetes Contados’, no dia 4 de fevereiro, pelas 15h30. Este espetáculo, desenvolvido pela Baileia Arte...

Comentários Recentes