16.5 C
Oeiras Municipality
Sáb 20 Abril 2024
Inicio Uncategorized Investigadoras portuguesas desenvolvem nariz eletrónico para detetar odores

Investigadoras portuguesas desenvolvem nariz eletrónico para detetar odores

Um grupo de investigadores da NOVA desenvolveu um nariz eletrónico que vai permitir reconhecer diferentes cheiros e detetar rapidamente odores.

Esta tecnologia inovadora recorre a material sustentável (a suberina, um poliéster vegetal presente na cortiça) e pode ser chave em várias áreas, desde a identificação de explosivos, deteção de peixe estragado ou até microrganismos infeciosos.

A investigação, publicada na revista Materials Today Bio, é liderada por duas cientistas vencedoras de bolsas do European Research Council (ERC): Cecília Roque, da Unidade de Ciências Biomoleculares Aplicadas na Faculdade de Ciências e Tecnologia (UCIBIO-FCT NOVA) e Cristina Silva Pereira, do ITQB NOVA.

COMENTAR

Please enter your comment!
Por favor, digite o seu nome

- PUB -

Os mais lidos

CMCS participa do Campeonato Europeu de Canoagem de Mar 2024

Decorreu, no passado sábado 13 de abril, em Angra do Heroísmo – Terceira, Açores, o Campeonato da Europa de Canoagem de Mar 2024. Sob...

Palácio dos Aciprestes vai ser palco do concerto Septeto Martinu

O Palácio dos Aciprestes, em Linda-a-Velha, recebe o grupo Septeto Martinu no próximo dia 22 de abril, pelas 18h, para uma jornada musical e...

Concerto Didático para Pais & Filhos ‘História de Música e Música com Histórias’

O Concerto Didático para Pais & Filhos ‘História de Música e Música com Histórias’ realiza-se no próximo dia 21 de abril, pelas 11h, no...

Fundação Gulbenkian, Lisboa e Oeiras abrem candidaturas para residências artísticas

Estão abertas as candidaturas para três residências multidisciplinares da iniciativa Bauhaus of the Seas Sails, de que a Fundação Calouste Gulbenkian, através do Centro...

Comentários Recentes