13.6 C
Oeiras Municipality
Sáb 4 Dezembro 2021
Inicio Ciência ISQ participa em novo projeto da NASA

ISQ participa em novo projeto da NASA

O ISQ, grupo português na área da engenharia, acompanha a segurança das operações do maior e mais complexo telescópio espacial da NASA.

O sucessor do telescópio espacial Hubble, o James Webb Space Telescope (JWST) está programado para ser lançado a 17 de dezembro a bordo do foguetão Ariane 5, no Centre Spatial Guyanais (Europe’s Spaceport – European Space Agency ESA), perto de Kourou, na Guiana Francesa. O JWST é considerado o telescópio espacial mais poderoso já construído e Portugal, através do ISQ, está a dar apoio a esta arrojada missão espacial da NASA.

“O ISQ, através da sua presença na ESQS (Europe Spatial Qualité Sécurité) está envolvido na missão do Webb Space Telescope a acompanhar a segurança das operações, através da verificação – do ponto de vista da salvaguarda e proteção do meio ambiente – da conformidade do satélite (incluindo procedimentos operacionais) com os regulamentos, dos estudos de segurança e licenças de operação, fornecendo ainda o suporte para o desenrolar das operações de preparação final antes do lançamento”, explica Pedro Matias, presidente do ISQ.

Ou seja, o ISQ tem a seu cargo a verificação da conformidade dos testes elétricos e de radiofrequência (antenas), abastecimento do tanque de combustível e as respetivas operações de pressurização, bem como a integração final no lançador.

“A nossa experiência nesta área já vem de longa data. Prestamos serviços de Quality Assurance/Quality Control (QA/QC) no Centro Espacial Europeu (CSG), na Guiana Francesa, há quase duas décadas, com uma equipa magnífica e de excelentes Colaboradores que está permanentemente na base aeroespacial em Kouru. Também trabalhamos ao nível da qualidade operacional (qualidade a bordo e qualidade no solo) dos sistemas de lançamento Ariane 5, Soyuz e Veja”, completa Pedro Matias.

Com o novo telescópio James Webb damos mais um passo de gigante em termos de observação do cosmos. O Hubble veio revolucionar a astrofísica e possibilitar um novo olhar sobre o nosso sistema solar e antigas galáxias. O Webb vai mais longe no estudo das origens do universo e deverá observar a formação das primeiras galáxias, estudar a sua evolução, ver a produção dos elementos pelas estrelas e acompanhar os processos de formação das estrelas e dos planetas. Ou seja, concentrar-se-á em quatro áreas principais: a primeira luz no universo (luz das primeiras estrelas), a formação de galáxias no início do universo, o nascimento de estrelas e sistemas protoplanetários e planetas (incluindo as origens da vida).

Este gigante telescópio tem um espelho seis vezes maior do que o do Hubble e um protetor solar do tamanho de um campo de ténis.

“Portugal tem vindo cada vez mais a apostar na indústria Aeroespacial e felizmente temos hoje várias empresas de relevo a trabalhar nesta área e que são reconhecidas a nível internacional. Também a nível Governamental tem sido muito interessante ver que o Governo Português tem vindo a considerar esta área como uma área de futuro, pelo que temos todas as condições para que a médio prazo Portugal se afirme como uma referência em determinados componentes do cluster Aeroespacial. Esperemos que no quadro do Portugal 2030 seja considerado um sector estratégico”, conclui Pedro Matias.

COMENTAR

Please enter your comment!
Por favor, digite o seu nome

- PUB -

Os mais lidos

Intervalo Grupo de Teatro apresenta espetáculo infantil ‘A Revolta dos Brinquedos’

O Intervalo Grupo de Teatro apresenta o espetáculo infantil 'A Revolta dos Brinquedos' em cena todos os sábados e domingos, às 16h, até fevereiro...

Rubrica semanal da Antena 2 ‘Contraconto’ acolhido pelo Teatro Municipal Amélia Rey Colaço

A rubrica semanal da Antena 2 'Contraconto' passa ao formato espetáculo, que será acolhido pelo Teatro Municipal Amélia Rey Colaço para duas apresentações a...

‘Os Grandes Mestres do Séc. XX’ em Oeiras no âmbito do Programa de Clássicos em Oeiras

O Auditório Municipal Ruy de Carvalho, em Carnaxide, vai ser palco de mais um concerto  de música clássica. Dois grandes mestres da orquestração, cuja mestria...

Concurso ‘Bairro da Música’ procura jovens músicos de Oeiras

O concurso 'Bairro da Música' é um desafio à criação de uma música, individualmente ou em grupo, cujo prémio para o vencedor do concurso...

Comentários Recentes

ana PAULA COSTA D FERREIRA ANA FERREIRA on Novo horário do Centro de Vacinação do Pavilhão Carlos Queiroz