18.9 C
Oeiras Municipality
Seg 1 Junho 2020
Inicio Saúde Oeiras anuncia investimento em terapia assistida por animais

Oeiras anuncia investimento em terapia assistida por animais

O Município de Oeiras anunciou que vai atribuir 2.000 euros ao Agrupamento de Escolas de Santa Catarina para implementação do projeto “Ler e Cãopreender” e 11.600 euros à PET B HAVIOR para o desenvolvimento de Terapia Assistida por Animais.

“Considerando o investimento do Município na promoção do sucesso escolar e considerando as áreas de especialização que o Agrupamento de Escolas de Santa Catarina (AESC) identificou como prioritárias, a integração da cinoterapia nas escolas deste agrupamento constitui um complemento fundamental no reforço da interdisciplinaridade, com um impacto fortíssimo na promoção do sucesso escolar do 1º CEB”, avança a Câmara Municipal de Oeiras, em comunicado.

As Terapias Assistidas por Animais (TAA) são um método terapêutico indicado para crianças com atraso de desenvolvimento, com registo de benefícios diversos, nomeadamente ao nível da saúde física, psicológica e emocional. Este método terapêutico ao promover a componente relacional, potencia a capacidade cognitiva e sensorial e facilita os processos de aprendizagem, tais como a leitura, memória, concentração e socialização.

O projeto  “Ler e Cãopreender” incluirá 32 sessões de cinoterapia. As sessões que não puderem ser realizadas no ano letivo 2019/2020, em função das medidas de contingência adotadas no âmbito da resposta à pandemia provocada pelo COVID-19, deverão ser realizadas até ao final do ano civil – dezembro de 2020 – avaliando-se posteriormente a pertinência de continuidade do projeto, até ao final do ano letivo 2020/2021.

A PET B HAVIOR, uma associação sem fins lucrativos, apresentou ao Município uma proposta de implementação da Terapia Assistida por Animais em contexto de Estrutura Residencial para Idosos (“ERPI”), dirigida a pessoas idosas e em contexto de Centro de Atividades Ocupacionais (“CAO”) e a pessoas com Dificuldade Intelectual ou Incapacidade, a realizar no concelho de Oeiras.

Terminada a fase experimental, a Associação PET BEHAVIOR apresentou resultados que se traduziram no feedback positivo das Instituições envolvidas em relação à terapia e seus benefícios efetivos nos utentes que a experienciaram e, por isso, determinou-se a continuidade do projeto e alarga-lo a outras entidades nas áreas da Saúde Mental e Deficiência.

Assim, no total, o apoio à atividade técnica proposta para o ano de 2020 rondará os 11.600 euros.

COMENTAR

Please enter your comment!
Por favor, digite o seu nome

- PUB -

Os mais lidos

Instituto Piaget abre Clínica de Psicologia

Em tempo de combate à pandemia da Covid-19, abriu ao público a Clínica Piaget de Almada, uma nova clínica de psicologia instalada no campus...

Portugal já tem a sua primeira concept store de queijo

Lisboa conta com um novo espaço de eleição para os apreciadores dos bons sabores e amantes do queijo, em particular. Trata-se da Queijaria Machado,...

COVID-19: mais uma razão para deixar de fumar

A 31 de maio celebra-se o Dia Mundial sem Tabaco e a Medicina Interna quis assinalar esta data uma vez que os internistas todos...

Aldeias de Crianças SOS lançam campanha de apoio a jovens e crianças durante a pandemia

As Aldeias de Crianças SOS lançaram uma campanha com o mote “Fundo de emergência: Precisamos de si!” que pretende apoiar crianças e jovens durante...

Comentários Recentes