16.5 C
Oeiras Municipality
Sáb 20 Abril 2024
Inicio Economia Oeiras com 200 pontos de partilha de trotinetes elétricas a partir de...

Oeiras com 200 pontos de partilha de trotinetes elétricas a partir de outubro

É já no mês de outubro que arranca o processo de transformação de Mobilidade no concelho de Oeiras, através do funcionamento de uma rede de 200 pontos de partilha de trotinetes elétricas, dispersos por todo o território municipal.

Este é apenas o início do caminho a que o Município de Oeiras se propôs no âmbito da Mobilidade Suave, prevendo-se que este número de pontos de partilha possa aumentar, consoante as necessidades identificadas.

As trotinetes elétricas têm registado uma procura acentuada devido aos benefícios ambientais, aliados à facilidade de transportes e deslocação rápida, justificando-se a aposta do Município enquanto solução de mobilidade urbana.

Para prevenir que as mesmas sejam um constrangimento nas ruas, a Parques Tejo, empresa municipal que gere o estacionamento em Oeiras, vai ser ativa na fiscalização do cumprimento das regras, que obrigam a que este meio de transporte seja estacionado no respetivo espaço, devidamente identificado.

No início de 2023 será ainda implementado o primeiro sistema de bikesharing (partilha de bicicletas) em Oeiras. Serão cinco estações espalhadas ao longo da Ciclovia Empresarial, que liga Paço de Arcos aos parques empresariais da Quinta da Fonte e Lagoas Park.

Pretende-se que durante o próximo ano o conceito seja alargado a todo o território, partilhando os “pontos Move”.

Por último, ao nível das infraestruturas, está identificada a necessidade de ampliar a rede de ciclovias já existente em cerca de 50 km, sendo que muitos dos necessários projetos já evoluíram para a fase de projeto de execução.

Atualmente, o concelho de Oeiras dispõe de uma rede de ciclovia de 17 km (1,5 km correspondem à ciclovia da Medrosa ainda em obra).

O processo de transformação da mobilidade no concelho de Oeiras passa pela aposta em novas soluções integradas que se traduzem no projeto “Oeiras Move”, criado pela Parques Tejo, e que agrega os três pilares onde assentam as mudanças preconizadas: estacionamento; rede de transportes; mobilidade suave.

COMENTAR

Please enter your comment!
Por favor, digite o seu nome

- PUB -

Os mais lidos

CMCS participa do Campeonato Europeu de Canoagem de Mar 2024

Decorreu, no passado sábado 13 de abril, em Angra do Heroísmo – Terceira, Açores, o Campeonato da Europa de Canoagem de Mar 2024. Sob...

Palácio dos Aciprestes vai ser palco do concerto Septeto Martinu

O Palácio dos Aciprestes, em Linda-a-Velha, recebe o grupo Septeto Martinu no próximo dia 22 de abril, pelas 18h, para uma jornada musical e...

Concerto Didático para Pais & Filhos ‘História de Música e Música com Histórias’

O Concerto Didático para Pais & Filhos ‘História de Música e Música com Histórias’ realiza-se no próximo dia 21 de abril, pelas 11h, no...

Fundação Gulbenkian, Lisboa e Oeiras abrem candidaturas para residências artísticas

Estão abertas as candidaturas para três residências multidisciplinares da iniciativa Bauhaus of the Seas Sails, de que a Fundação Calouste Gulbenkian, através do Centro...

Comentários Recentes