13.4 C
Oeiras Municipality
Sáb 4 Fevereiro 2023
Inicio Sociedade Oeiras iluminou-se de vermelho para assinalar o Dia Mundial da SIDA

Oeiras iluminou-se de vermelho para assinalar o Dia Mundial da SIDA

O Município de Oeiras associou-se à comemoração do Dia Mundial da Sida, tendo iluminado de vermelho o Edifício dos Paços do Concelho, na noite de 30 de novembro para 1 de dezembro

O Município de Oeiras associou-se à comemoração do Dia Mundial da Sida (1 de dezembro), da Direção-Geral da Saúde, através do Programa Nacional para a Infeção VIH e SIDA, este ano sob o tema “As Comunidades fazem a diferença”, tendo iluminado de vermelho o Edifício dos Paços do Concelho, na noite de 30 de novembro para 1 de dezembro. Recorde-se que Oeiras é cidade signatária da Declaração de Paris – “Cidade na via rápida para acabar com o VIH”.

O objetivo desta iniciativa foi chamar a atenção da população para a importância de prevenir a infeção e recordar todos aqueles que viram as suas vidas alteradas por esta doença.

A ONUSIDA, ao escolher o tema “As Comunidades fazem a diferença”, visou reconhecer o papel essencial que as comunidades desempenharam e continuam a desempenhar na resposta à infeção por VIH, a nível internacional, nacional e local. Mais do que nunca, é crucial o envolvimento de todos para que se alcancem os desígnios de acabar com a infeção enquanto problema de saúde pública.

Os resultados alcançados em Portugal nos últimos anos são, precisamente, resultado do envolvimento de todos e constituem motivo de orgulho nacional, no ano em que se atingiu – três anos antes -, o cumprimento das “metas 90-90-90”: 92% das pessoas que vivem com VIH estão diagnosticadas; destas, 90% encontram-se em tratamento e, destas, 93% apresentam carga viral suprimida.

As comunidades em muito contribuem para que a resposta ao VIH permaneça relevante e adequada, focando a sua intervenção nas pessoas e nos seus contextos de vida, promovendo serviços de proximidade e procurando chegar àqueles que se encontram em situação de maior vulnerabilidade ou com menor acesso aos cuidados de saúde e de apoio social. É importante realçar o trabalho das comunidades e a diversidade e o envolvimento de atores tais como educadores de pares, pessoas que vivem com VIH, homens que fazem sexo com homens, trabalhadores do sexo, mulheres e jovens, técnicos de aconselhamento, técnicos de saúde, organizações da sociedade civil e ativistas entre outros.

O Dia Mundial da Sida, que foi instituído em 1988, pretende alertar a população para a importância da prevenção e é, ao mesmo tempo, uma oportunidade para prestar tributo a todas as pessoas que morreram no decurso desta epidemia, bem como para com aquelas que atualmente vivem com a infeção. A DGS não poderia deixar de se associar a este dia, tendo também assumido o compromisso de iluminar o seu edifício na noite de dia 30.

Mas porque a missão não está concluída, é preciso que a infeção continue a ser uma prioridade internacional, nacional e local.

COMENTAR

Please enter your comment!
Por favor, digite o seu nome

- PUB -

Os mais lidos

Oeiras associa-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro nas comemorações do Dia Mundial do Cancro

O Município de Oeiras associa-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) nas comemorações do Dia Mundial do Cancro. Celebrado no dia 4 de fevereiro,...

Hipismo: Cardiga Equestrian Circuit vai na 4ª edição e abre este domingo

A Academia Equestre João Cardiga vai abrir a época desportiva 2023, com o 1º OPEN do  Cardiga Equestrian Circuit,  que se realizará no domingo,...

Clássicos em Oeiras traz Concerto ”Jovens Talentos”

‘Jovens Talentos’ é o próximo concerto a realizar-se no âmbito do programa ‘Clássicos em Oeiras’, no próximo dia 4 de fevereiro, no Auditório Municipal...

Espetáculo infantil ‘Confetes Contados’ na Biblioteca Municipal de Algés

A Biblioteca Municipal de Algés vai receber o espetáculo infantil ‘Confetes Contados’, no dia 4 de fevereiro, pelas 15h30. Este espetáculo, desenvolvido pela Baileia Arte...

Comentários Recentes