17.9 C
Oeiras Municipality
Qui 13 Agosto 2020
Inicio Mundo Português infetado com o coronavírus em navio já foi transferido para hospital...

Português infetado com o coronavírus em navio já foi transferido para hospital em Okazaki

Adriano Maranhão, português infetado com o coronavírus Covid-19 num navio de cruzeiros no Japão foi esta terça-feira transferido para um hospital na cidade de Okazaki.

Segundo a informação avançada pela sua mulher, Emmanuelle Maranhão, “após os testes e análises, que se parte do princípio que lhe vão fazer, irão encaminhá-lo para outro hospital”. Emmanuelle Maranhão, solicitou à embaixada portuguesa no Japão o acompanhamento do marido, tripulante do cruzeiro Diamond Princess, onde foram confirmados 700 casos, que resultaram em quatro mortes.

“Espero agora que alguém vá junto destas autoridades e acompanhá-lo, não digo estarem ao lado dele, obviamente, porque ele vai estar em isolamento, mas alguém tem de estar lá a representar a família, a representar Portugal, a representar este português, já que a empresa também tem um representante, mas pelos vistos não o consigo encontrar em lado nenhum”, desabafou.

A mulher deste português defende ainda que “a embaixada tem de lá estar para o ajudar… a traduzir, a perceber o que está a acontecer com ele, o que é que lhe vão fazer, quais são os resultados… porque se não falarem inglês ou ele não perceber, alguém tem de estar ao lado dele”.

Este português é canalizador no navio de cruzeiros Diamond Princess atracado no porto japonês de Yokohama.

Graça Freitas explicou que os sintomas do tripulante do indicavam que a situação não fosse grave e expressou a sua “empatia e simpatia” para com a família do trabalhador português, cuja mulher tem manifestado, em declarações à comunicação social, queixas de falta de acompanhamento da situação do marido.

O surto do Covid-19, que começou na China no final do ano, já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil, de acordo as autoridades de saúde de cerca de 30 países afetados.

Além de 2.663 mortos na China continental, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Hong Kong, Filipinas, França e Taiwan.

COMENTAR

Please enter your comment!
Por favor, digite o seu nome

- PUB -

Os mais lidos

Avenida Marginal, em Oeiras na lista das dez ruas mais caras de Portugal

A Avenida Marginal, em Oeiras está na lista das dez ruas mais caras de Portugal. O Idealista revelou um marketplace imobiliário que mostra que...

IGC. Cientistas descobrem nova espécie de primata

Lounès Chikhi, investigador do IGC, integra o grupo de investigadores, de seis países, que identificou uma nova população de lémures de ratos (Microcebus) que...

CerciOeiras retomou o seu projeto “Altas Ondas”

Depois de meses de cofinamento, a CerciOeiras retomou o seu projeto "Altas Ondas".   As aulas de Surf Adaptado, com os residentes, são realizadas na Carcavelos...

ISQ apoia empresas em época de incêndios

Em ambientes industriais, o risco de incêndio é muito elevado. Numa altura especialmente caracterizada pela ocorrência de fogos, provocados muitas vezes pelas altas temperaturas,...

Comentários Recentes