16 C
Oeiras Municipality
Qui 22 Fevereiro 2024
Inicio Economia Projeto para instalar vertiportos arranca em Oeiras

Projeto para instalar vertiportos arranca em Oeiras

O Município de Oeiras, referência na área da Tecnologia e Inovação, foi o escolhido para desenvolver um novo projeto de Mobilidade Elétrica Aérea, promovido pelo consórcio Magellan 500, que pretende instalar vertiportos para base de aeronaves eVTOL – veículos elétricos com descolagem vertical.

A Câmara Municipal de Oeiras, que tem vindo a apostar cada vez mais em novas soluções de mobilidade sustentável, vai formalizar o acordo com a Megallan 500 para implementar o novo projeto no dia 31 de maio, quarta-feira, às 11:00, no Salão Nobre do Palácio Marquês de Pombal.

O acordo entre as partes prevê o desenvolvimento das ações necessárias e adequadas ao estudo, projeção, criação e implementação de infraestruturas nas áreas da nova mobilidade aérea elétrica em Oeiras, designadamente de uma infraestrutura aeroportuária para operação de aeronaves elétricas e outras de descolagem e aterragem vertical, e respetivas infraestruturas de apoio.

Num Mundo em rápida evolução e que enfrenta o desafio das alterações climáticas, as novas tecnologias de mobilidade sustentável assumem um papel cada vez mais relevante.

Para os próximos anos, antevê-se o aparecimento de novas soluções de mobilidade vertical elétrica com base em aeronaves eVTOL (Electric Vertical Take-Off and Landing – Descolagem e Aterragem Vertical Elétrica) que deverão combinar:

  • A eficiência na utilização dos espaços de aterragem / descolagem, vulgo Vertiportos
  • A sustentabilidade da energia elétrica (sobretudo renovável)
  • O funcionamento silencioso da propulsão elétrica
  • A conveniência da rapidez de deslocação a velocidades de cruzeiro anunciadas geralmente acima dos 250 Km/hora.

Estas soluções de mobilidade vertical elétrica serão, certamente, formas de transporte de excelência, uma vez que a rapidez e conveniência são prioritárias, nomeadamente no mercado do Turismo ou logística, com uma rápida ligação de acesso a aeroportos.

O projeto Magellan 500 para a futura construção do aeroporto na região de Santarém, que integra o Grupo Barraqueiro, pretende assim desenvolver, numa primeira fase, os vertiportos que servirão de rápido acesso entre Oeiras e aquela região. Posteriormente, pretende-se o funcionamento em rede com outros vertiportos que se venham a estabelecer no território nacional.

Para a Câmara Municipal de Oeiras, este acordo é mais um passo na sua já longa tradição de liderança na área da Inovação e Tecnologia e enquadra-se na estratégia municipal de captar novas soluções de mobilidade elétrica, uma vez que a área de Ambiente e Sustentabilidade é também uma prioridade.

Também para o consórcio Magellan 500 e os seus constituintes, este acordo representa mais um passo numa estratégia global de descarbonização e sustentabilidade.

Contribuir para um ambiente melhor e com menos poluição são também ambições do Grupo Barraqueiro que vê neste projeto dos vertiportos uma via para uma mobilidade sustentável no futuro.

 

COMENTAR

Please enter your comment!
Por favor, digite o seu nome

- PUB -

Os mais lidos

Oeiras inaugura Espaço de Emergência Social

O Espaço de Emergência Social, inaugurado nesta segunda-feira, dia 19 de fevereiro, pela Vereadora Teresa Bacelar e técnicos municipais, assegura o atendimento a pessoas...

Segunda ação de plantação aberta à comunidade em Carnaxide

Carnaxide é o local escolhido para a segunda ação de plantação aberta à comunidade, a realizar nos próximos dias 23 e 24 de fevereiro....

António Sala é o convidado do ‘Nós Leitores’ de fevereiro

António Sala, comunicador com mais de sessenta anos de carreira, é o convidado da próxima sessão de ‘Nós, Leitores’ que se irá realizar dia...

Câmara de Oeiras entrega casas a funcionários do Município

O Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, vai inaugurar e entregar, na próxima sexta-feira, dia 23 de fevereiro, às 11h30, na Rua...

Comentários Recentes